Como chegar
 Ambulatórios
 Arquivo médico
 Centros cirúrgicos
 Ensino
 Estrutura
 Gestão
 Histórico
 Indicadores
 Internação
 Licitação
 Ouvidoria
 Pronto Socorro
 Mural Funcionários
 WEB
 
1 de outubro de 2014

Hospital Municipal São José realiza ações preventivas ao câncer de mama

No Hospital Municipal São José, a campanha do Outubro Rosa está sendo organizada por um grupo de servidoras. Neste ano, as palestras e dinâmicas acontecem entre os dias 6 e 10 deste mês.

As ações do Outubro Rosa no Hospital Municipal São José se intensificaram a partir de 2011. A enfermeira Valéria Nogueira Clementoni, na época responsável pelo setor de internação oncológica, tomou conhecimento, através da medicina do trabalho do hospital, que poucas servidoras faziam mamografia, apesar de ser solicitada no exame periódico a todas as funcionárias com mais de 40 anos.

Preocupada com a baixa procura pelo exame, a enfermeira convidou outras servidoras do hospital para iniciarem uma campanha de conscientização sobre o câncer de mama e de colo uterino.

Com esse objetivo, entre o final de setembro e começo de outubro de 2011, mesmo com pouco tempo para se organizarem, as servidoras se mobilizaram em busca de colaborações em prol da campanha. Conforme as doações chegavam, vindas dos próprios servidores, as camisetas e bolsas do Outubro Rosa eram produzidas e depois vendidas com uma pequena margem de lucro para ser revertido à campanha.

O Outubro Rosa no Hospital São José mantém desde então o objetivo de tornar os servidores da instituição multiplicadores da ideia de prevenção, aumentando a adesão das servidoras da unidade aos exames preventivos.

“Os servidores participam efetivamente da campanha, enfeitam seus setores com a cor rosa e ajudam a promover o objetivo da mesma, que é a prevenção”, afirma uma das organizadoras da campanha na unidade, enfermeira Liliane da Luz.

Segundo Liliane, o objetivo do Outubro Rosa no Hospital Municipal São José é orientar e conscientizar as servidoras sobre a importância dos exames de diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo uterino.

“Mesmo trabalhando na área da saúde, muitas servidoras do hospital não fazem regularmente esses exames. Mas, graças à campanha, temos notado um aumento de servidoras realizando mamografia e papanicolau”, completa.

Programação do Outubro Rosa 2014 no Hospital São José

06/10 – 9h – Local: Memorial – Abertura;

06/10 – 11h – às 12h e 14h às 15 | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra sobre HPV com enfermeira Andrea Villasboas Malburg (Clínica Salutare);

07/10 – 13h – às 14h | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra sobre prevenção do câncer de mama e de colo uterino com o médico oncologista Marcelo Biasi Cavalcanti;

07/10 – 17h – às 18h | Local: Auditório do SRMEPT – Automaquiagem com Fabiane do Rosário, consultora da Mary Kay, marca de cosméticos;

08/10 – 11h – às 12h | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra sobre diagnóstico precoce de câncer de mama e de colo uterino com o médico oncologista Luis Fernando da Silveira Lobo Cicogna;

09/10 – 10h30 – às 11h30 | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra motivacional “De pedra a diamante” com Elis Rejane, ex-paciente oncológica;

09/10 – 14h – às 15h | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra “Pilates na prevenção e tratamento do câncer” com a fisioterapeuta Cristiane Vanderlinde;

10/10 – 9h30 – às 10h30 | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra “Nutrição e saúde” com nutricionistas do Serviço de Nutrição do Hospital Municipal São José;

10/10 – 11h – às 12h | Local: Auditório do SRMEPT – Palestra “Sexualidade e qualidade de vida” com Cláudia Petry, proprietária da Sussurra Boutique Sensual.


25 de setembro de 2014

Prefeitura assina ordem de serviço para construção do Centro de Material Esterilizado no Hospital Municipal São José

A Prefeitura de Joinville expediu nesta quarta-feira (24) a ordem de serviço para as obras de adequações do Centro de Material Esterilizado (CME) do Hospital Municipal São José.

A unidade é mais uma etapa do Complexo Emergencial Deputado Ulysses Guimarães II. O CME é responsável pela esterilização de todos os produtos de saúde utilizados diariamente no hospital.

O valor do investimento é de R$ 217,9 mil, vindos de recursos próprios da Prefeitura. Os trabalhos começam já na próxima na semana e a previsão de conclusão é de até três meses.

Atualmente, o trabalho de esterilização é terceirizado. Com a instalação do CME, esse serviço será realizado pelo próprio hospital. “Com essa unidade ativa vamos evitar a terceirização. O CME vai facilitar e trazer economia ao município”, destacou a secretária da Saúde, Larissa Grun Brandão Nascimento.


24 de setembro de 2014

Enfermeira do Hospital Municipal São José ministra palestra para estudantes de enfermagem

“O papel da CCIH diante da KPC” foi o tema da palestra ministrada na manhã desta quarta-feira (24) pela enfermeira Renata da Silva Laurett aos alunos do curso de enfermagem da Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc de Joinville.

Para um público de aproximadamente 100 estudantes, a coordenadora da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital Municipal São José explicou, entre outros pontos, de que forma uma CCIH deve atuar no combate a KPC dentro de uma unidade hospitalar.

No início da apresentação, Laurett falou sobre as funções de uma CCIH no dia a dia de um hospital. “É preciso que haja colaboração de todos os profissionais para atingir os objetivos, higienizando corretamente as mãos, por exemplo”, explicou.

A palestra seguiu com dados sobre a incidência de KPC em Santa Catarina, de que forma essa bactéria deve ser combatida, quais seus sintomas, entre outros pontos abordados. Renata encerrou falando sobre o envolvimento da CCIH e dos servidores do Hospital Municipal São José no combate a bactéria dentro desta unidade.


19 de setembro de 2014

Hospital São José promove Semana do Doador de Órgãos

A Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) aponta anualmente para um crescente número de pessoas na fila de espera por órgãos para transplante. Alguns morrem aguardando.

Com o objetivo de minimizar as mortes de pacientes que esperam por transplante e lembrar à população sobre a importância da doação, a Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Municipal São José promove, entre os dias 22 e 27 de setembro, a Semana do Doador de Órgãos.

Segundo o enfermeiro coordenador do CIHDOTT do Hospital São José, Ivonei Bittencourt, muito mais vidas podem ser salvas se houver uma maior conscientização da população sobre a doação de órgãos.

“O agravamento da fila de espera para transplantes ocorre por que muitas famílias não autorizam a doação dos órgãos do ente querido que morreu. Essa negação é motivada por falta de informação sobre a importância desse ato”, explica.

Em 2014 já foram abertos 27 protocolos para doação de órgãos de pacientes com morte cerebral no Hospital São José. Desses, seis não puderam ter os órgãos captados para transplantes por que tiveram parada cardíaca irreversível, e outros sete por serem portadores de doenças que impossibilitam a doação, como HIV e câncer disseminado.

Dos 14 aptos a se tornarem doadores, oito tiveram os órgãos captados para transplante. Nos outros seis a captação não foi possível por recusa da família. “O número de captações no São José é bom com relação a outros estados brasileiros, mas pode ser muito melhor com a conscientização sobre a importância de ser um doador e comunicar a família sobre isso”, afirma Ivonei.

Santa Catarina possui o melhor índice de captações de órgãos no Brasil, e o Hospital Municipal São José é um dos três hospitais que mais capta no estado.

Confira a programação da Semana do Doador de Órgãos:

Segunda-feira (22/09) – Durante todo o dia, a equipe do CIHDOTT realiza capacitação sobre captação de órgãos em escolas de saúde.

Terça-feira (23/09) – Durante o dia, a equipe do CIHDOTT realiza capacitação sobre captação de órgãos em escolas de saúde. No período noturno faz panfletagem sobre doação dentro da Arena durante o jogo entre Joinville e América-MG.

Quarta-feira (24/09) – Curso prático interno “Identificação e manutenção do potencial doador de órgãos”. Será ministrado durante todo o dia e parte da noite para alcançar o maior número possível de servidores.

Quinta-feira (25/09) – Durante a manhã a equipe do CIHDOTT realiza capacitação sobre captação de órgãos em escolas de saúde. No período noturno será ministrado novamente o curso prático interno “Identificação e manutenção do potencial doador de órgãos”.

Sexta-feira (26/09) – Almoço comemorativo ao Dia do Doador de Órgãos no refeitório do HMSJ. Na parte da tarde a equipe do CIHDOTT realiza capacitação sobre captação de órgãos em escolas de saúde.

Sábado (27/09) – Dia Nacional do Doador de Órgãos

Terça-feira (30/09) – 1º Simpósio das CIHDOTTs da Organização de Procura de Órgãos do Norte de Santa Catarina. O evento acontece no Alven Palace Hotel às 19h. Todos os profissionais que trabalham com doação e transplantes podem participar. Outras informações sobre o simpósio estão disponíveis em www.facebook.com/transplantes


17 de setembro de 2014

Ambulatório de especialidades do Hospital São José registrou aumento dos atendimentos

Estão disponíveis no site www.hmsj.sc.gov.br os indicadores do Hospital Municipal São José referentes ao mês de agosto. Os gráficos podem ser acessados através do link “indicadores”, onde diversos dados sobre o hospital são atualizados mensalmente.

O mês de agosto apresentou um aumento significativo nos atendimentos do ambulatório de especialidades. Foram 5.326 pacientes atendidos, superando os 5.174 de julho e a média de 2014, que está em 4.616 atendimentos mensais. Outro dado importante referente ao ambulatório é o número de pacientes vindos de outros municípios. Foram 586 no mês de agosto, quase 10% do total de atendimentos.

O número de procedimentos cirúrgicos realizados no Hospital São José no mês de agosto também superou a média de 2014, que é 1.083. Foram 1.303 procedimentos, perdendo neste ano apenas para o mês de julho, que registrou 1.314. Agosto superou também as médias de 2012 e 2013, que ficaram em 966 e 1.105 respectivamente.

Sobre os indicadores

São divididos em quatro partes: dados administrativos; atendimentos; auxiliares do diagnóstico e tratamento; mapas interativos.

Dados administrativos: número de servidores, consumo de água, energia elétrica, refeições e lavanderia.

Atendimentos: números e estatísticas de atendimentos por setor, procedência e especialidade.

Auxiliares do diagnóstico e tratamento: números referentes a exames e tratamentos realizados no hospital.

Mapas interativos: disponibiliza os indicadores de forma dinâmica através de um aplicativo geoespacial baseado nas coordenadas do Google Maps. Nos mapas interativos, além de indicadores catalogados por município, estão disponíveis indicadores divididos por bairros de Joinville.


 ARQUIVO NOTÍCIAS
 
CONTATO: (47)34416666
  ARQUIVO NOTÍCIAS
  LINKS
Paginas: 12345102030...Última »