Como chegar
 Ambulatórios
 Arquivo médico
 Centros cirúrgicos
 Ensino
 Escalas médicas e bucomaxilofacial
 Estrutura
 Gestão
 GTH
 Histórico
 Indicadores
 Internação
 Licitação
 Ouvidoria
 Pronto Socorro
 Mural Funcionários
 WEB
 
22 de abril de 2015

Hospital São José empossa nova gestão da CIPA

Tomaram posse, nesta quarta-feira (22), os membros que integram a nova gestão da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) do Hospital Municipal São José. São oito servidores eleitos, sete suplentes e sete indicados pela administração da unidade. O mandato vai até 2017.

Segundo o presidente da CIPA, Alexandre Eduardo Schimdt, a comissão tem a finalidade de prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho. “A CIPA busca tornar permanentemente compatível o trabalho com a preservação da vida, além da promoção da saúde do trabalhador”, explica Schimdt.

Em reunião prévia à posse da atual CIPA, os membros eleitos e indicados definiram que serão organizadas equipes, dentro da comissão, para confeccionar um mapa de risco de todos os setores.

“Na sequência, entre outras tarefas, organizaremos a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), que acontecerá no mês de agosto, em data a ser definida”, completa Alexandre.

Para o diretor-presidente do Hospital São José, Carlos Alexandre da Silva, as comissões internas e núcleos, como a CIPA, são de extrema importância para o pleno funcionamento da unidade. “Com base nas sugestões, questionamentos e dados fornecidos por esses grupos de servidores podemos tomar decisões com mais certeza de que serão eficientes e humanas”, salienta.

Membros eleitos

Edemilso Peixer – Pronto Socorro (vice-presidente)

Vandré M. de Oliveira – Gestão de Pessoas

Claudia M. L. Engel – Unidade AVC

Roni A. Schiochet – Centro Cirúrgico Ambulatorial

Daniel Savi José – Manutenção

Peter Willians Cipriano – 3º andar

Claudio Manoel Bernardes – Pronto Socorro

Juliane Lago Urach – Fisioterapia

Suplentes eleitos

Cleuza V. Levandovski – Centro Cirúrgico Ambulatorial

Eder Paul – UTI Neurocirúrgica

José Carmelito Smieguel – Almoxarifado

José Vilmar Schelbauer – Ambulatório de Especialidades

Salete Pacifico Ribeiro – Radioterapia

Luciano de C. Ruiz – Gráfica

Alex Ritzmann – Radioterapia

Indicados pela administração

Alexandre Eduardo Schimdt – Serviço de Arquivo Médico e Estatística (presidente)

Marilei Arruda Martins – 4º Andar (secretária)

Adilson J. Andrzejewski – Patrimônio

Carlos Rafael M. dos Santos – Radiologia

Neuza M. R. de Melo – Manutenção

Jeovane Nascimento do Rosário – Ouvidoria

Carlos G. Reis Ferro – UTI Geral


17 de abril de 2015

Hospital Municipal São José recebe R$ 400 mil em equipamentos e instrumentais

O Ministério Público do Trabalho de Joinville entregou ao Hospital Municipal São José R$ 400 mil em equipamentos e instrumentais hospitalares. A unidade recebeu um sistema de vídeo endoscopia, um endoscópio rígido, e instrumentais de vídeo cirurgia. O recurso é proveniente de ação pública coletiva.

O sistema de vídeo endoscopia é utilizado para realização de exames de endoscopia digestiva alta, colonoscopia, gastrostomia endoscópica, retossigmoidoscopia, traqueoscopia e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica. O endoscópio rígido é usado em procedimentos cirúrgicos de Urologia.

Já os instrumentais de vídeo cirurgia, são utilizados nos procedimentos cirúrgicos por vídeo de diversas especialidades, como Cirurgia Geral, Urologia, Proctologia, Oncologia e Torácica.

Segundo o diretor-presidente do Hospital São José, Carlos Alexandre da Silva, o Ministério Público do Trabalho foi orientado pelo hospital sobre quais equipamentos eram prioridade para a unidade neste momento. “Em audiência com o procurador do trabalho, doutor Thiago Milanez Andraus, nossa equipe apontou as atuais demandas do hospital, apresentando os valores e os possíveis fornecedores”, explica.

Os equipamentos e instrumentais já estão devidamente instalados e disponíveis para uso no Centro Cirúrgico Geral e no Centro Cirúrgico Ambulatorial.


17 de abril de 2015

Número de atendimentos oncológicos ambulatoriais e procedimentos cirúrgicos apresentam aumento no Hospital São José

Já estão disponíveis os indicadores do Hospital Municipal São José referentes ao mês de março. Os números apresentam um aumento significativo na quantidade de atendimentos realizados no Ambulatório de Oncologia e de procedimentos cirúrgicos.

Os gráficos podem ser acessados através do link “indicadores”, onde diversos dados sobre o hospital são atualizados mensalmente.

No mês de março, o Ambulatório de Oncologia do Hospital São José registrou 3.707 atendimentos, superando assim a média mensal de 3.705 registrada em 2014.

Outro aumento significativo no mês de março foi o de procedimentos cirúrgicos realizados. Foram 1.372, superando a média de 2015, que está em 1.330, e a de 2014, que ficou em 1.176.

Além do aumento nos números de atendimentos registrados em março, procedimentos cirúrgicos e atendimentos oncológicos ambulatoriais prospectam indicadores ainda melhores para os próximos anos.

O Ambulatório de Oncologia da unidade passa por ampliação e reformas, iniciadas no final de 2014, e será um centro de referência em oncologia no estado.

Outra obra em estágio avançado é a de ampliação do Centro Cirúrgico Geral. Também parte do CEDUG II, o novo espaço possui quatro salas cirúrgicas e será anexo ao atual Centro Cirúrgico Geral, passando de seis para dez salas. A previsão de conclusão da obra é para o segundo semestre de 2015.

Sobre os indicadores

São divididos em quatro partes: dados administrativos; atendimentos; auxiliares do diagnóstico e tratamento; mapas interativos.

Dados administrativos: número de servidores, consumo de água, energia elétrica, refeições e lavanderia.

Atendimentos: números e estatísticas de atendimentos por setor, procedência e especialidade.

Auxiliares do diagnóstico e tratamento: números referentes a exames e tratamentos realizados no hospital.

Mapas interativos: disponibiliza os indicadores de forma dinâmica através de um aplicativo geoespacial baseado nas coordenadas do Google Maps. Nos mapas interativos, além de indicadores catalogados por município, estão disponíveis indicadores divididos por bairros de Joinville.


14 de abril de 2015

Segurança do paciente é tema de simpósio no Hospital Municipal São José

Com o objetivo de chamar a atenção dos profissionais de saúde para a segurança do paciente, evidenciando a importância do cumprimento das normas e dos protocolos estabelecidos nas unidades hospitalares, acontece, nesta quarta-feira (15), o I Simpósio do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital Municipal São José.

Segundo a enfermeira responsável pelo Núcleo, Mari Cristina Graciotto, o simpósio possibilitará debates sobre o tema entre servidores do hospital e de outros hospitais de Joinville e região que desejem participar, já que o evento é aberto a profissionais e estudantes da área da saúde.

“O simpósio irá promover a troca de experiências sobre a implantação do Núcleo de Segurança do Paciente em diferentes serviços, favorecendo a identificação de aspectos que possam ser melhorados, além de modelos de práticas a serem seguidos”, explica a enfermeira.

Formado por uma equipe multiprofissional, composta por médicos, enfermeiros, farmacêuticos, nutricionistas e outros profissionais da área da saúde, o Núcleo de Segurança do Paciente foi instituído no Hospital Municipal São José em abril de 2013 e tem como objetivo promover a redução de atos não seguros dentro do sistema de assistência à saúde.

Além disso, o núcleo promove a utilização de boas práticas que buscam a excelência no atendimento ao paciente. “Como seguro, entendemos o que é certo, firme, estável e que não gera dúvidas”, afirma Mari Cristina. De acordo com a enfermeira, são realizadas reuniões mensais, nas quais o grupo elabora planos de ações que elencam as prioridades de atuação no hospital.

Confira a programação:

8h30 – abertura / mesa-redonda: “Experiências na implantação do Núcleo de Segurança do Paciente em hospitais de Joinville”. Participantes: Osmarina Borgmann e Joseane de Oliveira Souza, Hospital Dona Helena; Camila Silva Pena, Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria; Carine Juliana Gonçalves de Souza, Hospital Bethesda; Renata da Silva Laurett e Mari Cristina Graciotto, Hospital Municipal São José.

10h – coffee break

10h30 – palestra: “Ética e segurança do paciente”. Palestrante: Ediane Menegazzo – enfermeira responsável pelo Núcleo de Segurança do Paciente e Gerência de Risco do Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, especialista em saúde pública com ênfase em Programa Saúde da Família (PSF).

13h30 – palestra: “Segurança do paciente e a inserção dos profissionais de  saúde”. Palestrante: Dra. Francis Solange Vieira Tourinho – enfermeira, professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), mestre em farmacologia e doutora em saúde da criança e do adolescente. Atua na área de segurança do paciente.

15h – coffee break

16h – palestra: “Segurança do paciente: tudo começou com a aviação”. Palestrante: Sandra Ana Czarnobay – ex-comissária de bordo, nutricionista e mestre em saúde e meio ambiente.


6 de abril de 2015

Obras em andamento no Hospital São José irão aumentar capacidade de atendimento

O Hospital Municipal São José passa por obras de ampliação e reformas. O novo Centro de Material Esterilizado (CME), as ampliações do Centro Cirúrgico Geral e do Ambulatório de Oncologia irão aumentar a capacidade de atendimento da unidade, que atende Joinville e região.

A secretária da Saúde de Joinville, Larissa Brandão, visitou as obras nesta segunda-feira (06). Acompanhada do diretor-presidente do Hospital Municipal São José, Carlos Alexandre da Silva, do coordenador de controle patrimonial do hospital, Adilson Andrzejewski, e do coordenador administrativo da Secretaria da Saúde, Eduardo Mendes, Larissa frisou a importância dessas obras em andamento.

“Todos os setores e serviços que estão recebendo ampliações, reformas ou novas instalações, são de extrema importância para o Hospital São José. Concluídos, serão grandes reforços para o funcionamento e atendimento da unidade”, salientou a secretária.

A obra mais avançada é a do novo Centro de Material Esterilizado (CME), responsável pela esterilização de todos os materiais hospitalares utilizados diariamente na unidade. O novo CME é mais uma etapa do Complexo Emergencial Deputado Ulysses Guimarães II, e deve ser entregue até o início do próximo semestre. O valor do investimento é de R$ 217,9 mil, vindos de recursos próprios da Prefeitura.

Segundo o diretor-presidente do Hospital Municipal São José, Carlos Alexandre da Silva, com o novo CME todo trabalho de esterilização de materiais, que hoje é terceirizado, será realizado internamente e, consequentemente, com mais agilidade.

“Com o novo CME em funcionamento, esse serviço será realizado pelo próprio hospital, facilitando a logística e trazendo economia a unidade e ao município”, enfatiza Carlos Alexandre.

Outra obra em estágio avançado é a de ampliação do Centro Cirúrgico Geral. Também parte do CEDUG II, o novo espaço possui quatro salas cirúrgicas e será anexo ao atual Centro Cirúrgico Geral, passando de seis para dez salas. A previsão de conclusão da obra é para o segundo semestre de 2015.

Para o segundo semestre de 2015 também está prevista a entrega da primeira etapa da ampliação e reforma do Ambulatório de Oncologia. As obras, que irão modernizar a estrutura e aumentar a capacidade de atendimento aos pacientes com câncer, estão sendo custeadas por um empresário da região.

Além das reformas e ampliações, um novo prédio será construído. O prédio de apoio terá 2.180 m² de área construída e abrigará a Farmácia Hospitalar, Materiais Médico-Hospitalares e Serviço de Nutrição Dietética, que hoje funcionam em uma estrutura antiga, em dimensões que não atendem mais a atual demanda de atendimento e serviços.

A obra, que irá custar R$4.998.740,00, recurso do Ministério da Saúde, está em fase de projeto, e deve abrir os editais para licitações no próximo semestre.


 ARQUIVO NOTÍCIAS
 
CONTATO: (47)34416666
  ARQUIVO NOTÍCIAS
  LINKS